Oftalmologia USP - HC Ribeirão Preto

 

Oftalmologia USP - HC Ribeirão PretoAtualmente a Divisão de Oftalmologia está inserida no Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço (ROO) vinculado ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – Universidade de São Paulo.
Em seu corpo clínico apresenta 08 docentes, 21 profissionais contratados das diversas especialidades oftalmológicas além de médicos em fellowship (22) , residentes (24) e colaboradores (4).
A divisão de Oftalmologia ocupa desde 1978 as dependências do Hospital das Clínicas – Campus da USP de Ribeirão Preto prestando atendimento ambulatorial no 2º andar instalado em quase 400 m2 dividindo-se em salas para atendimento das especialidades, salas cirúrgicas e salas com os mais avançados equipamentos oftalmológicos.
No 12º andar do mesmo prédio está situada a enfermaria com 18 leitos, laboratórios, sala de cirurgia experimental, o Banco de Olhos e a área administrativa do departamento contando com 1 sala de reuniões e 1 sala de aula.
Além do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, são prestado serviços na Unidade de Emergência do HCRP, Hospital Estadual de Ribeirão Preto e no Centro de Saúde Escola do Sumarezinho.

HISTÓRIA

A primeira referência a uma aula própria da especialidade é a de “agradecimentos desta Faculdade pela valiosa colaboração” prestada em julho de 1954 pelo médico oftalmologista Plínio Pinto de Mendonça Uchôa para proferir uma aula sobre “Tracoma” durante o curso de férias sobre “Higiene, Profilaxia e Saneamento Rurais”, para professores normalistas do Ensino Rural . Essa promoção da Faculdade de Medicina repete-se em 1957 em outro curso de férias sobre “Higiene Rural”, em que a aula ministrada tem como título “Higiene visual do escolar” . É esse oftalmologista que leciona aos sexto anistas das três primeiras turmas da Faculdade de Medicina (anos de 1957 a 1959) voluntariamente aulas teóricas curso de Oftalmologia (no anfiteatro do antigo Hospital das Clínicas, à rua Bernardino de Campos), também orientando pequenos grupos de estagiários em seu Serviço Especializado na Santa Casa local para aprendizado prático intensivo.
Sem, contudo, haver contrato desse médico com a Faculdade e ainda não instalado um Departamento próprio, assinaram os boletins de notas de Oftalmologia dessas primeiras turmas, como componentes da “Comissão Examinadora”, os professores Ruy E. Ferreira-Santos, Hélio Lourenço de Oliveira e Renato Jacob Woisky (substituido na Comissão de 1959 por Luiz Heraldo de Câmara Lopes).
Contratado em 29 de abril de 1959 para organizar o Departamento de Oftalmologia, o Prof.Almiro Pinto de Azeredo (graduado em 1946 pela Faculdade Nacional de Medicina, Rio de Janeiro e pertencente a seu corpo docente desde 1956) instala-o num vão do antigo Hospital das Clínicas onde abrigavam automóveis . A enfermaria do começo eram três leitos gentilmente cedidos pelo Prof.Alberto Martinez, da Obstetrícia , sendo auxiliado nas tarefas iniciais pela secretária Edna Hallak e a atendente Argemira Cassiano , que permaneceram no Departamento até suas aposentadorias. Logo a seguir (1961), entretanto, o Departamento passava às instalações no prédio do Hospital das Clínicas, à rua Bernardino de Campos (atual Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto): o ambulatório no primeiro andar, a parte administrativa no segundo e as enfermarias (três, com 16 leitos) no quarto. Em 1971 passava também a ocupar instalações num antigo Seminário (hoje, Centro de Convenções de Ribeirão Preto do H.C.R.P.) até a mudança para o prédio do H.C.R.P. no “Campus” da U.S.P. de Ribeirão Preto.
Os cursos de graduação já em 1960 passavam, efetivamente, a ser ministrados pelo Prof.Azeredo que assina, com os Professores Ruy E. Ferreira-Santos e Hélio Lourenço de Oliveira, os boletins da três turmas seguintes (sextoanistas de 1960 e quintoanistas de 1960 e 1961).
É afinal em 1961 que se inicia o Curso de Aperfeiçoamento (Residência) em Oftalmologia para Geraldo Ferreira Vianna, José Tanuri Habib, Argemiro Lauretti Filho, Moema Rocha Augusto e (desde o segundo semestre desse primeiro ano), Clóvis Lerro, primeiro residente vindo de outra escola médica. Desse grupo, saem os primeiros “instrutores de alunos” (como eram chamados, na época, os ingressantes ao magistério superior no seu nível inicial): Vianna (contratado a partir de 09/05/1962), Habib e Lauretti (ambos a partir de 20/06/1962)
Erasmo Romão e Harley Edison Amaral Bicas, da segunda e terceira turmas de Residentes, são contratados a partir de 02/09/1963 e 21/10/1964, respectivamente, formando com os três outros (Vianna, Habib e Lauretti) o núcleo inicial do Departamento de Oftalmologia.
Em 1962 (26 de julho) a ortoptista Gilda Baptista Soares De Sordi era contratada pela F.M.R.P.; com ela e sob a coordenação de Harley E. A. Bicas (1964) constituía-se um dos primeiros setores departamentais (o de Estrabismo), cuja diferenciação possibilitou a criação do “Curso de Optometria e Ortóptica” (profissionalizante), em 1967. Esse curso prosseguiu até 1970 graduando, no período, 14 ortoptistas.
Com a reforma universitária, fundem-se os Departamentos de Oftalmologia e Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, num único (número 13, ROT), sendo Almiro Pinto de Azeredo seu primeiro Chefe.
Em 1978 ocorre a mudança do Departamento para suas instalações no prédio do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto no “Campus” da U.S.P. de Ribeirão Preto: ambulatórios no corredor 2 (“Marrom”) para a Oftalmologia, com enfermarias e ala administrativa no 12o Andar.
Por ocasião da publicação no Diário Oficial do Estado de São Paulo em 01/09/2000 a área de Cirurgia de Cabeça e Pescoço passou ao Departamento de Oftalmologia e Otorrinolaringologia, integrando-se-lhe ao nome, estrutura e funções. O novo Departamento teve mudada sua sigla (anterior, ROT para ROO, atual) e esteve em processo de adaptação às novas demandas e desenvolvimento de suas potencialidades.

ENSINO

-Graduação:
O Curso de Oftalmologia na graduação da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP é ministrado em 4 oportunidades:
-RCG 0314 - Semiologia Geral (Carga horária total : 180hs)
-RCG0459 - Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço Aplicada a Clínica Geral (Carga horária total: 90hs)
-RCG0509 - Estágio em Medicina Interna I (Carga Horária total : 450hs)
-RCG0608 - Estágio em Oftalmologia / Otorrinolaringologia /Cirurgia de Cabeça e Pescoço (carga Horária total: 105hs)

- Residência Médica:
O Programa de Residência Médica em Oftalmologia teve seu início em 1960. Antes com apenas dois anos, passou a oferecer o Terceiro Ano, opcional (de complementação em áreas bem específicas: Estrabismo, Oculoplástica, Glaucoma, Doença Oculares Externas, Cristalino, Retina e Vitreo e Neuro-Oftalmologia) a partir de 1987. Já formou até o ano de 2012 (inclusive) 321 oftalmologistas. É credenciado pela Comissão Nacional de Residência Médica e pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia, dispondo de 8 vagas para o primeiro ano, 8 para o segundo e 8 para o terceiro. Desde 2002 o Terceiro Ano de Residência em Oftalmologia tornou-se obrigatório.